Conecte-se conosco

Bahia

Baiano inicia campanha para ser o primeiro governador brasileiro nos Estados Unidos

Publicado

em

Orlando Silva mora nos Estados Unidos desde os 15 anos (Reprodução/Partido Democrata)
Voiced by Amazon Polly

Orlando Silva vive a sua versão do sonho americano: em 1993, aos 15 anos, deixou para trás Vitória da Conquista, na Bahia, e foi morar nos Estados Unidos com a irmã mais velha. Estudou, trabalhou, abriu sua própria empresa e hoje, aos 44, resolveu concorrer ao governo de Massachusetts. Se vencer a eleição marcada para novembro de 2022, será a primeira pessoa nascida no Brasil a ser governadora nos EUA. Para chegar até lá, no entanto, ele tem um longo caminho.

Morador de Shrewsbury, casado com uma brasileira e pai de duas filhas, Silva é veterano na manutenção de tubulações de aquecedores e aparelhos de ar-condicionado, mas um calouro na política. Virou cidadão americano no ano passado, quando votou pela primeira vez e se filiou ao Partido Democrata.

Em março, registrou sua campanha para participar da primária do partido, programada para julho de 2021, e conseguiu um pouco da atenção que precisará para ter a pré-candidatura aceita pelos democratas, atrás de um nome capaz de interromper a sequência de dois mandatos republicanos no Estado, encabeçados pelo governador Charlie Baker.

Ele precisa recolher 10 mil assinaturas de apoio ao seu nome e gerar um burburinho a ponto de ser levado a sério pelo diretório democrata. O desafio é imenso, e Silva não tem nem redes sociais oficiais. O empresário diz que tentará fazer duas campanhas paralelas: uma voltada para os brasileiros, outra para seus eleitores de fato, os americanos e imigrantes que já ganharam a cidadania e podem votar.

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Bahia

Prorrogada fase de avaliação das inscrições do Bolsa Esporte até 28 de setembro

Publicado

em

Por

Voiced by Amazon Polly

Foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), da última terça-feira (21), portaria nº 96/2021 que prorroga a fase de avaliação das inscrições e análises dos documentos dos atletas, do Edital do Bolsa Esporte nº 01/2021, até o próximo dia 28 de setembro. O Edital e seus anexos podem ser consultadas no site da Sudesb.

Com um investimento de R$ 1,2 milhão, o edital oferece benefícios mensais de R$ 380 a R$ 2 mil para atletas baianos radicados no estado, desde a iniciação até o alto rendimento. O apoio é concedido pelo prazo de 1 ano e renovável por igual período. Serão atendidas 37 modalidades olímpicas e 21 paralímpicas, além de mais 25 classificadas como modalidades reconhecidas e vinculadas.

Criado em 2011, o Bolsa Esporte já investiu cerca de R$ 4,8 milhões nos seis editais.

Fonte: Ascom/Sudesb

Continue lendo

Copyright © 2021 DiBahia CNPJ: 41.275.067/0001-16