Conecte-se conosco

Sociedade

Após volta à UTI, Agnaldo Timóteo tem “pequena melhora” da Covid-19

Publicado

em

O cantor Agnaldo Timóteo, de 84 anos, que está internado com coronavírus no Hospital Casa São Bernardo, no Rio de Janeiro, desde quarta-feira (17), apresentou sinais de melhora neste domingo (21) após retornar para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para tratar complicações da Covid-19.

“Agnaldo Timóteo tem ‘pequena melhora’ da Covid-19. A família agradece o apoio e a solidarização de todos”, declara Timotinho sobrinho e assessor de imprensa do artista.

Antes do recaída do cantor neste domingo, o quadro clinico melhorava. Na última sexta-feira (19) Timotinho informou da melhora no quadro clínico do tio: “Ele está bem, tomou café da manhã e almoçou há pouco. Ele está melhorando, claro que tem algumas complicações por causa da idade, mais o AVC que ele teve um tempo atrás. Mas está tudo sob controle, não está entubado e nem em estado grave”.

Vale lembrar que Agnaldo chegou a tomar a primeira dose da vacina contra a doença, mas não deu tempo de fazer efeito em seu organismo, com isso, ele foi contaminado.

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sociedade

Sebastião Salgado ganha “Nobel das artes”

Publicado

em

Por

Voiced by Amazon Polly

Praemium Imperiale do Japão, considerado o “Nobel das artes”

O fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado, famoso por suas intensas fotos em preto e branco, é um dos ganhadores deste ano do Praemium Imperiale do Japão, considerado o “Nobel das artes”. O anúncio foi feito nesta terça-feira (14/09) em Berlim pelo ex-presidente do Instituto Goethe e conselheiro da Associação Japonesa de Arte Klaus-Dieter Lehmann.

Cada laureado vai receber 15 milhões de ienes (R$ 712 mil), durante uma cerimônia tradicionalmente realizada em outubro em Tóquio pelo príncipe Hitachi, irmão mais novo do imperador japonês, Akihito. Devido à pandemia, a cerimônia deste ano foi cancelada.

Salgado, de 77 anos, foi distinguido na categoria pintura pelas imagens em que retrata “com grande sentido estético o estado dos mais pobres e a degradação do meio ambiente”. Seu último projeto, “Amazônia”, mostra a exploração do ecossistema amazônico e da vida de seus povos indígenas durante sete anos.

Foram agraciados ainda o escultor americano James Turrell, que usa o espaço e a luz como meio de expressão, o arquiteto australiano Glenn Murcutt, conhecido por suas casas modernistas se integrando ao ambiente rural, e o virtuoso violoncelista americano Yo-Yo Ma.

Continue lendo

Copyright © 2021 DiBahia CNPJ: 41.275.067/0001-16