Conecte-se conosco

Porto Seguro

TCM-BA rejeita contas de Porto Seguro e multa ex-prefeita da cidade

Publicado

em

Voiced by Amazon Polly

A ex-prefeita Cláudia Silva Santos Oliveira (PSD), da cidade de Porto Seguro, teve as contas relativas ao período de 2019 rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA).

De acordo com a decisão dos conselheiros, além de extrapolar o limite para gastos com pessoal, previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal, a gestora promoveu despesas expressivas, no montante de R$ 7.542.072,59, com a contratação de festividades no município.

Relator do parecer, o conselheiro substituto Ronaldo Sant’Anna considerou graves as irregularidades nessas contas e determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual para que seja apurada a prática de ato de improbidade administrativa.

Ainda conforme Sant’Anna, será realizada uma auditoria nos contratos para prestação de serviços voltados para festividades no município de Porto Seguro, no exercício de 2019, inclusive nos pagamentos conferidos aos credores, com vistas a avaliar, entre outras nuances, a efetiva realização do serviço e os preços de mercado.

Além de uma multa avaliada em R$ 105.300,00, correspondente a 30% dos subsídios anuais, a prefeita também terá que desembolar uma quantia de R$ 30 mil pelas demais irregularidades apuradas pela equipe técnica. Os conselheiros do TCM determinaram, ainda, o ressarcimento da quantia de R$ 91.455,42, com recursos pessoais, devido à realização de despesa sem previsão legal com alimentação para servidores.

Também foram identificados gastos indevidos, como despesas com festividades, fretamento de jatinhos, locação de veículos de luxo, buffets, hospedagens e aquisição de mais de 1.600 litros de combustível para abastecimento de trios elétricos, “o que agride os princípios da razoabilidade, moralidade e probidade administrativa”.

Portal dos Municípios

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Porto Seguro

MPF abre inquéritos contra ex-prefeita Cláudia Oliveira

Publicado

em

Por

Voiced by Amazon Polly

A ex-prefeita de Porto Seguro, na Costa do Descobrimento, Cláudia Oliveira, virou alvo de três inquéritos do Ministério Público Federal (MPF) na Bahia. Os casos se referem ao ano de 2016 e estão ligados a contratos da prefeitura investigados pela Operação Fraternos, da Polícia Federal (PF).

Deflagrada no dia 7 de novembro de 2017, a ação chegou a prender e afastar Cláudia Oliveira; além do marido então prefeito de Eunápolis, Robério Oliveira. O irmão da ex-gestora e prefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos, também foi afastado à época.

Os inquéritos vão investigar as contratações das empresas HN CONST. CIVIL, TERRAPLANAGEM E LOC. LTDA, COMERCIAL DE ALIMENTOS BURANHÉM LTDA e ÉBANO DERIVADOS DE PETRÓLEO LTDA. Os inquéritos ficam sob responsabilidade do procurador Andre Sampaio Viana.

Deflagrada em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU), a operação apurou que as prefeituras contratavam empresas com ligação com o grupo familiar para fraudar licitações, simulando a concorrência entre elas.

Ainda segundo a PF, após a contratação, parte do dinheiro repassado pelas gestões era desviado, utilizando-se de “contas de passagem” em nomes de terceiros, de forma a dificultar a identificação do destinatário final dos valores arrecadados. 

Continue lendo

Copyright © 2021 DiBahia CNPJ: 41.275.067/0001-16