Conecte-se conosco

Porto Seguro

Escritor lança cordel tendo a política como tema

Publicado

em

Gabiru se inspira em Zé Limeira para fazer humor com as aberrações da política 

O escritor e jornalista Fernando Freire, mais conhecido como Gabiru lançou nessa semana o seu mais novo trabalho literário, ou devemos dizer audiovisual. Trata-se do Cordel Jacú Baleado.

O Cordel do Jacu Baleado, projeto aprovado pela Lei Aldir Blanc – Porto Mais Cultura, trata das aberrações das campanhas eleitorais no Brasil, usando Porto Seguro como “cenário”.   Composto em sextilhas (doze estrofes de seis versos), o ‘Cordel do Jacu Baleado’ também presta homenagem ao repentista Zé Limeira, o maior cantador nordestino de todos os tempos, considerado o Poeta do Absurdo. De acordo com Freire, Zé Limeira é responsável por dar dimensão nacional ao cordel nordestino.

“Quando era criança, ouvia e via meu pai se divertir declamando versos de cordel. Ficava impressionado com sua memória. A sonoridade das rimas soava como uma música, mas eu não entendia direito o conteúdo dos versos que, muitos deles, ficaram fixados na minha memória até hoje”, explica Freire

O autor ainda acrescenta: “A minha paixão pelo cordel me levou a estudar a cultura popular e a literatura brasileira. Nas andanças pelas bibliotecas (naquele tempo não havia internet), encontrei o livro do jornalista Orlando Tejo (Zé Limeira, O Poeta do Absurdo), que recomendo vivamente, e fiquei fascinado com a inventividade do poeta recheada de surrealismo e neologismos extravagantes criados por um sertanejo analfabeto”.

Segundo o cantor e compositor Chico César, “Zé Limeira é tão importante para a cultura popular brasileira que se ele não tivesse existido precisaria ser inventado”.

Veja o Cordel do Jacú Baleado.

Fonte: Redação Dibahia News

Continue lendo
Propaganda
1 Comentário

1 Comentário

  1. Carlos Capitão

    25 de Abril, 2021 at 16:38

    Muito bom gostei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Porto Seguro

Atriz da Globo Marcella Maia diz ser vítima de transfobia em Porto Seguro

Publicado

em

Por

Voiced by Amazon Polly

A atriz Marcella Maia, de 30 anos, denunciou, nesta quinta-feira (23), ter sido vítima de transfobia em Porto Seguro, Bahia. A artista mostrou os hematomas na região do pescoço, ombro e seio aos seguidores nas redes sociais. “Preconceito existe. Se cuidem. Sem chão, sem forças. Tô viva”, disse a atriz. “Meu corpo não merece isso”, continuou, acrescentando a hashtag “transfobia”.

A atriz compartilhou as imagens com o mais de 282 mil seguidores que possui no Instagram
Imagens: reprodução

Em nota da assessoria de Marcela, o caso aconteceu na madrugada de quarta-feira (22) na vila de Caraíva. Um boletim de ocorrência sobre o caso foi registrado na delegacia de Porto Seguro.

“A atriz está segura no momento e todas as medidas legais já estão sendo providenciadas”, disse o comunicado, que ainda agradeceu pela preocupação dos seguidores. 

Marcella viverá a personagem Morte na próxima novela das 19h da Rede Globo, “Quanto Mais Vida Melhor”. Em entrevista à Patrícia Kogut em 2020, a atriz revelou que ocultava o fato de ser uma mulher transexual. 

Continue lendo

Copyright © 2021 DiBahia CNPJ: 41.275.067/0001-16