Conecte-se conosco

Brasil

‘Somente Deus me tira da cadeira presidencial’

Publicado

em

Voiced by Amazon Polly

Bolsonaro aproveitou para discursar após motociata na manhã do sábado (10) na Fiergs, em Porto Alegre. Sem máscara e causando aglomerações, Bolsonaro repetiu suas frases habituais e afirmou: “Somente Deus me tira da cadeira presidencial”.

Mais uma vez falou de fraudes nas eleições e ameaçou a democracia ao dizer que “pode não haver eleições no ano que vem”. Em Porto Alegre, criticou mais uma vez e disse que o ministro Luís Roberto Barroso quer ameaçar com crime de responsabilidade.

A CPI da Covid, que investiga a compra da vacina Covaxin e o possível envolvimento de Bolsonaro
em crime de prevaricação, também foi alvo das críticas de Bolsonaro, que descreveu a CPI como
“picareta”. Diante das denúncias, a popularidade do presidente segue em queda. Em pesquisa do
Datafolha divulgada na última quinta-feira (8), a rejeição a Bolsonaro chegou a 51%, número
recorde desde que assumiu a presidência do Brasil.


Em sua primeira visita ao Rio Grande do Sul neste ano, Bolsonaro também trouxe o nome do
governador Eduardo Leite para o discurso deste sábado e desaprovou a decisão de fazer
lockdown no Estado por conta da pandemia. Sob aplausos e gritos de “mito”, Bolsonaro voltou a se
caracterizar como “incomível e imbroxável”.


O ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, o gaúcho Onyx Lorenzoni (DEM),
acompanhou o passeio de moto, assim como o senador Luis Carlos Heinze (PP). Os deputados
estadual e federal, Ten. Coronel Zucco (PSL) e Bibo Nunes (PSL), respectivamente, também
marcaram presença no evento, que levou milhares de motociclistas e pedestres às ruas de Porto
Alegre e Canoas.


Acompanhando Bolsonaro na visita, o ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas
prometeu acabar com pedágios para motos em todo o Brasil.

Seriedade e Confiança Tudo isso em um só lugar Informação feita para VOCÊ

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Brasil

Eduardo Bolsonaro diz que contraiu Covid

Publicado

em

Por

Voiced by Amazon Polly

Integrante da comitiva presidencial em NY, Eduardo Bolsonaro diz que contraiu Covid.

Deputado e filho do presidente Jair Bolsonaro fez anúncio em rede social. Há três dias, ministro Marcelo Queiroga (Saúde) constatou que também tem a doença e ficou em quarentena nos EUA.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, disse nesta sexta-feira (24) numa rede social que está com Covid.

Ele estava na comitiva do governo que foi no início da semana a Nova York, onde o presidente Jair Bolsonaro participou da Assembleia Geral das Nações Unidas. Há três dias, outro integrante da comitiva teve resultado positivo em teste de Covid: o ministro da Saúde Marcelo Queiroga. De acordo com apuração da TV Globo, antes de Queiroga, um diplomata da comitiva foi diagnosticado com Covid. O governo não confirma a informação nem revela o nome do servidor.

Continue lendo

Copyright © 2021 DiBahia CNPJ: 41.275.067/0001-16