Conecte-se conosco

Brasil

Polícia prende mãe de menino de 3 anos encontrado morto em apartamento

Publicado

em

Voiced by Amazon Polly

A mãe do menino Gael de Freitas Nunes, de 3 anos, foi presa pela Polícia Civil nesta terça-feira (11). De acordo com a polícia, a mulher é suspeita de ter cometido as agressões que levaram à morte do menino na segunda-feira (10), em São Paulo. As informações são do G1.

Após ser detida e prestar depoimento na 1º Delegacia de Defesa da Mulher, no Cambuci, a mulher foi levada para o 89ºDP, no Portal do Morumbi. O teor do depoimento não foi divulgado.

Segundo o Boletim de Ocorrência do caso, o menino foi encontrado desacordado na cozinha pela tia-avó. A mãe estava com Gael. O menino foi levado à Santa Casa de São Paulo, mas não resistiu aos ferimentos.

Conforme a Polícia Militar, que foi acionada pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), informações preliminares apontam que a mãe teria passado por um surto psicótico.

A tia-avó disse que deu uma mamadeira para a criança por volta das 7h e que os dois ficaram na sala assistindo TV. Depois de alguns minutos, ele foi até a cozinha e ela começou a ouvir choros, mas pensou que ele estava pedindo colo para a mãe.

Ainda de acordo com o G1, ela disse que cerca de cinco minutos depois começou a ouvir barulhos de batidas na parede, mas pensou que viriam de outro apartamento. Depois de cerca de dez minutos, ela ouviu barulho de vidro quebrando na cozinha. Quando chegou ao ambiente, Gael estava deitado no chão, com vômito e coberto por uma toalha de mesa.

Ela teria perguntado à mãe o que aconteceu, mas a mãe não respondeu. Segundo a tia-avó, a mãe do menino já havia sido internada cerca de quatro vezes, mas não soube dizer se as internações foram por motivos psiquiátricos.

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Brasil

Eduardo Bolsonaro diz que contraiu Covid

Publicado

em

Por

Voiced by Amazon Polly

Integrante da comitiva presidencial em NY, Eduardo Bolsonaro diz que contraiu Covid.

Deputado e filho do presidente Jair Bolsonaro fez anúncio em rede social. Há três dias, ministro Marcelo Queiroga (Saúde) constatou que também tem a doença e ficou em quarentena nos EUA.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, disse nesta sexta-feira (24) numa rede social que está com Covid.

Ele estava na comitiva do governo que foi no início da semana a Nova York, onde o presidente Jair Bolsonaro participou da Assembleia Geral das Nações Unidas. Há três dias, outro integrante da comitiva teve resultado positivo em teste de Covid: o ministro da Saúde Marcelo Queiroga. De acordo com apuração da TV Globo, antes de Queiroga, um diplomata da comitiva foi diagnosticado com Covid. O governo não confirma a informação nem revela o nome do servidor.

Continue lendo

Copyright © 2021 DiBahia CNPJ: 41.275.067/0001-16