Conecte-se conosco

Bahia

Policlínicas Regionais de Saúde contabilizam mais de 2 milhões de atendimentos

Publicado

em

Voiced by Amazon Polly

As Policlínicas Regionais de Saúde implantadas no Estado contabilizaram, até o último mês de junho, um total de 2.036.497 atendimentos, entre consultas e exames.

As policlínicas, atualmente em número de 18 e com a expectativa de inauguração, nos próximos dias, da 19ª, em Ribeira do Pombal, têm como entidades mantedoras os Consórcios Públicos Interfederativos de Saúde, que por sua vez, têm o Estado da Bahia como ente federativo, através da Secretaria Estadual de Saúde, e têm como objetivo a cooperação técnica e financeira da área da saúde entre os entes federados, visando à promoção de ações de saúde públicas assistenciais e prestação de serviços especializados de média e alta complexidade.

Até agora, os Consórcios de Saúde contemplam as regiões de Teixeira de Freitas, Guanambi, Jequié, Irecê, Feira de Santana, Santo Antônio de Jesus/Cruz das Almas, Valença, Alagoinhas, Ribeira do Pombal, Paulo Afonso, Juazeiro, Vitória da Conquista, Jacobina, Itabuna/Ilhéus, Senhor do Bonfim, Simões Filho, Eunápolis e Brumado, e a previsão é que até 2022 sejam inauguradas duas unidades em Salvador, e também as policlínicas de Serrinha, Itaberaba/Seabra, Santa Maria da Vitória, São Francisco do Conde e Ribeira do Pombal, essa última nos próximos dias, totalizando 25 Policlínicas até o próximo ano. Em Salvador, estão em fase final de obras as Policlínicas de Saúde nos bairros de Escada e Narandiba, na capital baiana.

O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, explica que conforme acordo firmado entre o Estado e a Prefeitura Municipal de Salvador, após a conclusão das obras, o equipamento de saúde será cedido pela gestão estadual à Secretaria da Saúde do Município de Salvador. “É mais um reforço na área da saúde que o Estado está fazendo em Salvador”, destacou.

Serviços prestados

Nas Policlínicas Regionais de Saúde é prestada assistência nas seguintes especialidades: anestesiologia, angiologia, cardiologia Clínica, cirurgia geral, coloproctologia, dermatologia, gastroenterologia, endocrinologia, gastroenterologia, ginecologia e obstetrícia, hematologia, infectologia, mastologia, nefrologia, neurologia, neuropediatra, oftalmologia, ortopedia e traumatologia, otorrinolaringologia, pediatria, pneumologia, radiologia, reumatologia e urologista. Além das consultas nestas especialidades, são ofertados os seguintes exames: biópsias, colonoscopia, colposcopia, ecocardiograma, eletrocardiograma, eletroneuromiograma, eletroencefalograma, endoscopia digestiva alta, ergometria, espirometria, histeroscopia, Holter, mamografia, mapa, pequenos procedimentos, procedimentos oftalmológicos, punção de mama, Raio-X, ressonância magnética, tomografia, tonometria, tratamento do pé diabético, videolaringoscopia, videonasofriboscopia, ultrassonografia.

Para a locomoção dos pacientes são disponibilizados, em média, 14 micro-ônibus para cada Policlínica, que tem o valor médio de custo R$ 13 milhões de equipamentos e R$10 milhões em obras. Cada policlínica tem área construída de 2.848,32 m2, com capacidade de cobertura populacional de 500 a 750 mil pessoas. O valor total aproximado de investimento nas Policlínicas já inauguradas até o momento é da ordem de R$ 537.130.067,47, compreendendo o repasse mensal Estadual de 40%. Policlínicas Regionais de Saúde com previsão de inauguração para 2021/2022, além das 02 (duas) unidades de Salvador, são as Policlínicas de Serrinha, Itaberaba/Seabra, Santa Maria da Vitória, São Francisco do Conde, Ribeira do Pombal, totalizando o 25 Policlínicas entregues até 2022. Em fase final de obras, as Policlínicas de Saúde que estão sendo construídas pelo Governo do Estado nos bairros de Escada e Narandiba, na capital baiana, devem estar concluídas ainda esse ano.

Para a entrega das duas unidades, estão sendo investidos cerca de R$45 milhões entre obras e equipamentos. O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, explica que conforme acordo firmado entre o Estado e a Prefeitura Municipal de Salvador, após a conclusão das obras, o equipamento de saúde será cedido pela gestão estadual à Secretaria da Saúde do Município de Salvador. “É mais um reforço na área da saúde que o Estado está fazendo em Salvador”, destaca.

Fonte: Ascom/ Sesab

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Bahia

Prorrogada fase de avaliação das inscrições do Bolsa Esporte até 28 de setembro

Publicado

em

Por

Voiced by Amazon Polly

Foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), da última terça-feira (21), portaria nº 96/2021 que prorroga a fase de avaliação das inscrições e análises dos documentos dos atletas, do Edital do Bolsa Esporte nº 01/2021, até o próximo dia 28 de setembro. O Edital e seus anexos podem ser consultadas no site da Sudesb.

Com um investimento de R$ 1,2 milhão, o edital oferece benefícios mensais de R$ 380 a R$ 2 mil para atletas baianos radicados no estado, desde a iniciação até o alto rendimento. O apoio é concedido pelo prazo de 1 ano e renovável por igual período. Serão atendidas 37 modalidades olímpicas e 21 paralímpicas, além de mais 25 classificadas como modalidades reconhecidas e vinculadas.

Criado em 2011, o Bolsa Esporte já investiu cerca de R$ 4,8 milhões nos seis editais.

Fonte: Ascom/Sudesb

Continue lendo

Copyright © 2021 DiBahia CNPJ: 41.275.067/0001-16