Conecte-se conosco

Sociedade

Dia Mundial do Rock

Publicado

em

Voiced by Amazon Polly

Dia Mundial do Rock é comemorado anualmente em 13 de julho no Brasil.

Esta data é uma homenagem ao estilo musical do Rock n’ Roll, que revolucionou a música e o comportamento social da juventude na segunda metade do século XX.

Os grupos de rock, geralmente, são formados por um cantor, um baixista, um ou dois guitarrista e um baterista.

Atualmente, o rock é um gênero musical composto por várias influências que são até mesmo antagônicas, mas que continua com o mesmo propósito original de lutar pela “liberdade de expressão”.

Mesmo sendo conhecido por Dia Mundial do Rock, esta data é comemorada especialmente no Brasil, graças a uma campanha promovida por duas rádios paulistas em 1990 que consagraram o dia 13 de julho como Dia do Rock.

Os americanos, por exemplo, preferem celebrá-lo no dia 9 de julho.

Durante o Dia do Rock, nas principais cidades brasileiras são organizados eventos com shows de importantes artistas representantes do rock n’ roll nacional e internacional.

John Michael Osbourne, conhecido como Ozzy Osbourne-ícone do rock mundial

Origem do Dia Mundial do Rock

Em 13 de julho de 1985, houve um grande evento chamado Live Aid, um show simultâneo em Londres, na Inglaterra, e na Filadélfia, nos Estados Unidos.

O objetivo principal era conscientizar a população mundial sobre a drástica pobreza e a fome na Etiópia.

O evento contou com a presença de renomados artistas e grupos de rock da época, como The Who, Status Quo, Led Zeppelin, Dire Straits, Madonna, Queen, Joan Baez, David Bowie, BB King, Rolling Stones, Sting, Scorpions, U2, Paul McCartney, Phil Collins (que tocou na Inglaterra e nos EUA), Eric Clapton, Black Sabbath, entre outros.

O show foi transmitido ao vivo para diversos países. Na ocasião, o cantor e baterista Phil Collins propôs que o dia 13 de julho fosse lembrando como Dia Mundial do Rock.

O que fazer no Dia do Rock?

  • Vestir a camisa da sua banda de rock favorita
  • Passar o dia todo ouvindo os seus álbuns favoritos
  • Assistir aos shows mais icônicos da história do rock n´ roll no YouTube
  • Sair com os amigos para assistir ao show de uma banda de rock que você goste
  • Compartilhar suas músicas favoritas nas redes sociais
  • Montar uma banda de rock com os amigos

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sociedade

Youtuber é preso por suspeita de estupro de vulnerável

Publicado

em

Por

Voiced by Amazon Polly

A Polícia do Rio de Janeiro prendeu o youtuber Raulino de Oliveira Maciel, conhecido como “Raulzito“, acusado de estupro de vulnerável. Após a prisão do influenciador, o SBT anunciou que demitiu o profissional, que estava contratado desde o começo do ano.

Em nota, a emissora afirmou que o streamer, que estava apresentando o SBT Games, não faz mais parte do quadro de parceiros da empresa. “O SBT informa que o youtuber Raulino de Oliveira Maciel, o ‘Raulzito’, não integra mais o quadro de streamers de SBT Games, do qual fez parte desde o início deste ano“, afirmou o comunicado.

“Ele era produtor de conteúdo não exclusivo da plataforma, não tendo nesta condição direito algum em usar o nome da emissora em negociações fora das propriedades de SBT Games. O SBT aguarda a elucidação dos fatos e resultado da investigação, que resultou na prisão do youtuber na manhã desta terça-feira (27)”, completou o canal.

O youtuber Raulino de Oliveira Maciel sendo levado preso

De acordo com a Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV), os casos envolvendo o investigado teriam ocorrido em Niterói (RJ) e São Caetano do Sul (SP).

A polícia disse que era por meio de um perfil em uma rede social que o youtuber entrava em contato com as crianças e prometia acesso a trabalhos.

Ele sempre alegava ser contratado de uma emissora. Ao menos duas supostas vítimas menores de idade prestaram depoimento à polícia do Rio de Janeiro, mas há suspeita de que outros tenham sido vítimas do influenciador.

“Após fatos noticiados por mãe de uma das vítimas que dirigiu-se à DCAV após ouvir relato de seu próprio filho dos abusos que sofrera desde o mês de fevereiro até meados de maio, outra vítima, também menor de doze anos, confirmou na sede da DCAV que também sofreu abusos e foram tantas as vezes que ambas não sabem ordenar cronologicamente de que maneira ocorreram”, informou a delegacia, em comunicado.

No Instagram, “RaulZito” soma mais de 200 mil seguidores e, no YouTube, são mais de 140 mil inscritos.

Continue lendo

Copyright © 2021 DiBahia CNPJ: 41.275.067/0001-16