Conecte-se conosco

Mundo

Prédio em Washington desaba, deixa uma pessoa presa e outras feridas

Publicado

em

Voiced by Amazon Polly

Equipes de busca e resgate tentavam retirar do meio de escombros um trabalhador preso dentro de um edifício parcialmente construído, de cinco andares, que desabou durante uma tempestade em Washington. 

Mais quatro trabalhadores foram removidos do local pouco tempo depois do desabamento na capital norte-americana, que ocorreu nessa quinta-feira (1º), por volta das 15h30 no horário local, segundo John Donnelly, diretor-assistente dos bombeiros. 

Os trabalhadores resgatados foram levados a um hospital local, a oito quilômetros do Capitólio. Nenhum deles corria risco de morrer, disse Donnelly.

O trabalhador preso nos escombros estava consciente e em contato com as equipes de bombeiros que tentam resgatá-lo, afirmou o diretor. “Estamos conversando com ele e vejo isso como uma coisa boa”. 

Na semana passada, uma torre residencial desabou em Surfside, na Flórida, enquanto a maioria dos moradores dormia. Equipes de resgate já recuperaram 18 corpos e dizem que 145 pessoas ainda estão desaparecidas. 

(Reportagem de Trevor Hunnicutt em Washington e Dan Whitcomb em Los Angeles)

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mundo

Estados Unidos lançam ataques aéreos em apoio às forças afegãs

Publicado

em

Por

Voiced by Amazon Polly

Os Estados Unidos realizaram ataques aéreos para apoiar forças do governo do Afeganistão que estão pressionadas pelo Talibã, enquanto forças estrangeiras lideradas pelos EUA cumprem as últimas etapas da sua retirada do país.

O porta-voz do Pentágono, John Kirby, disse a repórteres que os ataques aéreos foram em apoio às forças de segurança afegãs nos últimos dias, mas não deu detalhes.

O Talibã, através de seu porta-voz, Zabihullah Mujahid, afirmou que os ataques foram feitos na noite de quarta-feira (21) nos arredores da cidade de Kandahar, no sul, matando três dos seus combatentes e destruindo dois veículos.

“Confirmamos esses ataques aéreos e os condenamos da maneira mais forte possível. É um ataque em clara violação ao acordo de Doha porque eles não podem realizar operações após maio”, disse, referindo-se ao acordo entre EUA e o Talibã que abriu o caminho para a retirada das forças norte-americanas.

Continue lendo

Copyright © 2021 DiBahia CNPJ: 41.275.067/0001-16