Conecte-se conosco

Sociedade

Whindersson Nunes e noiva fazem homenagem ao filho morto uma semana depois do nascimento

Publicado

em

Voiced by Amazon Polly

Maria Lina, noiva de Whindersson Nunes, usou as redes sociais para falar sobre a morte do filho, João Miguel, que nasceu prematuro no dia 29 de maio, mas não resistiu. A estudante mostrou as tatuagens que os dois fizeram em homenagem ao pequeno e postou um texto emocionado, que marca uma semana do nascimento e morte do criança.  

“Uma semana do dia mais feliz da minha vida. E amanhã, uma semana do dia mais triste da minha vida. Meu filho, não tem uma hora que eu não pense em você. Não tem um segundo sequer que eu não sinta sua falta, lembro do seu rostinho todos os dias da hora que acordo a hora que vou dormir”, publicou, no Instagram.

“Você vai pra sempre ser o maior amor que já senti na vida. Foram as melhores 30 horas da minha história. Ser sua mãe foi e é um privilégio. Quem não amaria ser mãe de um ser tão puro, tão lindo, um anjo? Você só nos trouxe felicidade, amor, pureza, alegria. Sua partida é dolorosa, mas sua marca nas nossas vidas é só felicidade. Papai e mamãe te amam mais que tudo nessa vida”, completou.

Morre João Miguel

João Miguel morreu no dia 31 de maio após nascer prematuramente no último sábado (29). “A assessoria de imprensa de Whindersson Nunes informa com tristeza o falecimento de seu filho, João Miguel, na madrugada desta segunda-feira (31). Fruto da união com Maria Lina, o bebê que nasceu de forma prematura, com 22 semanas, não resistiu”, informou. 

Por R7

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sociedade

Pastora arruma segunda esposa para marido pastor após revelação

Publicado

em

Por

Pastores Éden Asvolinsque e Fernanda Asvolinsque e nova esposa
Voiced by Amazon Polly

De posse dessa ‘promessa mortal’, a pastora já arrumou a sua substituta para se casar com o seu esposo pastor.

A pastora Fernanda Asvolinsque, de 43 anos, que lidera com o seu esposo, o pastor Éden Asvolinsque, a Igreja Juventude de Cristo em Barra Mansa (RJ), desta vez foi longe demais.

O casal está sendo alvo de muitas críticas desde que a pastora arrumou uma jovem para ser a segunda esposa do seu marido.

A justificativa da religiosa é que, em novembro de 2020, ela recebeu uma revelação de Deus, de que está sendo preparada para ser ‘colhida’ da terra em 2021, ou seja, vai morrer esse ano.

De posse dessa ‘promessa mortal’, a pastora já arrumou a sua substituta para se casar com o pastor, quando ela for para o plano espiritual.

Fernanda afirma que está muito doente, mas que não irá ao médico, porque a vontade de Deus é de que ela morra esse ano.

“Deus disse a mim desde novembro, que está me preparando, porque Ele vai me colher nesse ano. Eu tô com paz na minha alma, estou bem resolvida em relação a tudo isso… Agora era o momento de vocês blindarem o pastor, blindarem a minha casa, blindarem a minha família, blindarem a igreja… Eu ouvi, eu sei o que Deus falou pra mim”, disse a pastora.

As declarações da pastora geraram polêmica no meio evangélico, e muitos acreditam, inclusive, que tudo não passa de uma armação do casal que, supostamente, curte um relacionamento a três. Ou que até mesmo estão separados, mas não querem tornar público, para não perder os fiéis e seus dízimos.

Após muitas críticas e insinuações contra o casal de pastores, que agora é um trisal, a pastora Fernanda desabafou nos Stories do seu Instagram.

Veja o vídeo na integra.

Continue lendo

Copyright © 2021 DiBahia CNPJ: 41.275.067/0001-16