Conecte-se conosco

Brasil

Imunização em massa feita com a Coronavac apresentou redução de 86% em internações

Publicado

em

Voiced by Amazon Polly

A cidade de Serrana, no interior de São Paulo, foi alvo de um estudo do Instituto Butantan: após a vacinação de 75% de sua população, houve uma queda de 95% nas mortes por Covid-19 na região. O resultado foi divulgado pela TV Globo neste domingo (30).

A cidade, que tem 45 mil habitantes, concluiu a vacinação de quase todos os adultos com a Coronavac, vacina produzida pelo Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac. O estudo, que teve início em fevereiro deste ano, tem o objetivo de vacinar toda a população adulta da cidade, que são cerca de 30 mil pessoas, para analisar os efeitos da vacinação em massa. 

A cidade, que enfrentava um aumento de casos de Covid em meados de fevereiro, viu o vírus ser contido depois que 75% da população foi imunizada. Nesse sentido, Serrana vai na contramão do país como um todo, que conta com mais de 461 mil mortes e um ritmo de imunização lento devido à falta de vacinas.

Para entender o limite de disseminação do vírus, a pesquisa dividiu a cidade em 25 áreas que ficaram separadas em quatro grupos. Com a aplicação da segunda doses em adultos de três grupos, foi observado que a propagação da Covid-19 foi controlada.

Como resultado, o número de casos sintomáticos caiu 80%, uma redução de 86% foi observada nas internações e as mortes caíram 95%, segundo dados do Butantan divulgados pela TV Globo.

A cidade, que tem 45 mil habitantes, concluiu a vacinação de quase todos os adultos com a Coronavac

Segundo o estudo, nos primeiros dois meses de pesquisa Serrana ainda enfrentava um aumento no número de casos, mas quando dois dos quatro grupos ficaram imunizados com a segunda dose os números mudaram de direção. De 699 casos em março, esse número caiu para 251 em abril, enquanto as  mortes passaram de 20 para 6 no mesmo período.

Vale lembrar que uma iniciativa semelhante ao estudo de Serrana está sendo feita em Botucatu, também em São Paulo, mas sob a coordenação do Ministério da Saúde. O objetivo é vacinas grande parte dos 148 mil habitantes com a vacina de Oxford/AstraZeneca a fim de avaliar os efeitos da vacinação na população.

Infomoney *Com Reuters

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Brasil

População do Brasil passa de 211,7 milhões de habitantes, estima IBGE

Publicado

em

Por

Voiced by Amazon Polly

A população estimada do Brasil é de 211.755.692 pessoas. Em 2019, a população estimada era de 210.147.125 pessoas. Portanto, de acordo com a projeção, o Brasil ganhou mais 1,6 milhão de habitantes em um ano.

Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e foram divulgados hoje, em portaria do Diário Oficial da União. De acordo com o levantamento, os estados mais populosos são: São Paulo (46.289.333), Minas Gerais (21.292.666) e Rio de Janeiro (17.366.189).

O Distrito Federal conta com uma população de 3.055.149 habitantes. Roraima é o estado com a menor estimativa populacional (631.181).

tabela completa, por estado, pode ser conferida no Diário Oficial da União. 

Continue lendo

Copyright © 2021 DiBahia CNPJ: 41.275.067/0001-16