Conecte-se conosco

Porto Seguro

Ministro do Turismo defende unificação de protocolos para a retomada do setor

Publicado

em

Voiced by Amazon Polly

No “Encontro Retomada do Turismo – Porto Seguro (BA)”, o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, defendeu a unificação de protocolos de vacinação para o trânsito de turistas entre países. O evento que aconteceu na noite desta segunda-feira (24.05) contou com a participação virtual de representantes das principais empresas de turismo do país, além dos gestores locais. A iniciativa tinha o objetivo de apresentar as ações desenvolvidas pela prefeitura da cidade para retomada das atividades turísticas.

Em sua fala, Machado Neto destacou a importância de se ter informações claras, por parte dos organismos internacionais de saúde e de turismo, no sentido do trânsito de turistas entre países. “Precisamos de um protocolo de vacinação guiado pela Organização Mundial da Saúde. Temos que ver a vacina que o mundo vai aceitar, precisamos unificar estas informações para a retomada do nosso setor”, pontuou.

Ainda durante a participação, o ministro destacou o potencial de Porto Seguro para trabalhar essa retomada de forma ágil e segura. “Eu não tenho dúvida de que Porto Seguro vai retomar o turismo, e vai dar a volta por cima. O destino possui equipamento turísticos de qualidade, como bons hotéis. A gente sabe que no período pós-pandemia, o pessoal vai querer o turismo de natureza, e o Brasil tem um dos maiores potenciais do Mundo, e Porto Seguro será um desses destinos no país”, finalizou.

O Turismo Náutico também foi pautado durante a participação. Gilson Machado Neto reforçou o potencial de Porto Seguro para o segmento e ressaltou o apoio à prefeitura de para a construção de uma marina pública. O secretário municipal de Turismo, Paulo Cesar Onishi, garantiu que está trabalhando para levar um projeto para o ministro. “Hoje nós fizemos a batimetria das marinas de Porto Seguro. Em breve, eu e o prefeito conversaremos para que essas marinas se tornem realidade para tornar esse turismo náutico aqui”, disse.

O vice-prefeito de Porto Seguro e secretário de Turismo, Paulinho Toa a Toa, destacou que 95% da economia do município depende do turismo para se manter e enumerou as ações já adotadas para possibilitar a retomada das atividades turísticas de forma segura.

“O nosso destino está funcionando seguindo rigorosamente os protocolos de segurança sanitária com a obrigatoriedade de uso de máscara, higienização e distanciamento social. E os roteiros turísticos são diversificados, com muitas opções de atividades ao ar livre, passeios diurnos, vasta gastronomia a noite e outras atrações que respeitam os decretos municipal e estadual. Além disso, estamos realizando ações constantes de combate ao coronavírus, como testagens em massa e vacinação ampla”, ressaltou Paulinho Toa a Toa.

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Porto Seguro

Fazenda é invadida em Arraial D`Ajuda

Publicado

em

Por

Voiced by Amazon Polly

A fazenda Tropa Costeira foi invadida neste derradeiro domingo (20) por volta das 7h da manhã, localizada na BA-986 em Arraial D’Ajuda, a propriedade já foi invadida e desocupada duas vezes. Lideranças do distrito denunciam que há prejuízos causados por queimados e desmate de árvores para construção de barracos improvisados.

No mesmo dia do ocorrido, um vídeo de uma liderança da invasão foi disparado no aplicativo Whatsapp. “Estamos aqui, na Fazenda Tropa Costeira, estão aqui os companheiros fazendo os acampamentos. Essa terra é uma terra totalmente devoluta, não tem produção nenhuma e o povo na rua, passando fome, necessidade, precisando trabalhar. Toda hora chega gente aqui e se você quiser vir pra cá se abrigar aqui no Arraial d´Ajuda, venha hoje, venha pra ficar. Nós vamos tirar 5 mil m² para cada um fazer o seu quintal produtivo”, promete.

A propriedade é avaliada em cerca de R$ 40 milhões e no local teria sido construído um hotel fazenda com recursos do Banco do Brasil, no entanto, sem quitação por parte do proprietário. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente já foi acionada e compareceu no local com a equipe de fiscalização, de acordo com moradores, para uma ação mais efetiva, os proprietários deveriam tomar providências. Os atuais donos já teriam sim enviado advogados para resolver a questão.

Continue lendo

Copyright © 2021 DiBahia CNPJ: 41.275.067/0001-16