Conecte-se conosco

Mundo

Um dos principais chefes da máfia italiana é preso no Brasil

Publicado

em

Voiced by Amazon Polly

A ministra italiana do Interior, Luciana Lamorgese, expressou nesta terça-feira (25) satisfação com a detenção no Brasil de um dos chefes da máfia calabresa, Rocco Morabito, o segundo criminoso mais procurado do país.

“É uma conquista extraordinária, que demonstra a capacidade da magistratura e dos organismos responsáveis pela aplicação da lei para combater de maneira eficaz o crime organizado e suas ramificações internacionais”, afirma a ministra em um comunicado.

“É um duro golpe para a ‘Ndrangheta (ndr: máfia calabresa). A luta contra as máfias e a ilegalidade é uma prioridade”, declarou o ministro da Defesa, Lorenzo Guerini.

Morabito, de 54 anos, era o segundo mafioso italiano mais procurado, atrás apenas do chefe da Cosa Nostra, Matteo Messina Denaro. O líder da ‘Ndrangheta foi detido na segunda-feira (24) na cidade de João Pessoa, resultado de “uma investigação conjunta entre Brasil e Itália”, informou a Polícia Federal.

Por Isto É

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mundo

Policial é morto e 80 alunos são sequestrados em ataque na Nigéria

Publicado

em

Por

Voiced by Amazon Polly

Homens armados mataram um policial e sequestraram pelo menos 80 alunos e cinco professores em uma escola do estado nigeriano de Kebbi, informaram a polícia, moradores e um professor.

É o terceiro sequestro em massa em três meses no noroeste da Nigéria, e as autoridades culpam bandidos armados que buscam resgates.

Usman Aliyu, que leciona na escola, disse que os atiradores levaram mais de 80 alunos, a maioria meninas.

“Eles mataram um [dos policiais], entraram pelo portão e foram direto às salas de aula”, afirmou ele à Reuters.

O porta-voz da polícia de Kebbi, Nafiu Abubakar, disse que os bandidos mataram um policial durante uma troca de tiros e que também balearam um aluno, que estava recebendo tratamento médico.

A polícia ainda não havia comunicado o número de alunos desaparecidos na noite de quinta-feira (17), e um porta-voz do governador de Kebbi afirmou que a força está realizando uma contagem dos desaparecidos.

Sequestros que elevam tristeza ao povo nigeriano não é novidade. Desta vez levaram mais de 80 alunos, a maioria meninas.

O ataque ocorreu em um colégio do governo federal da cidade remota de Birnin Yauri. Segundo Abubakar, forças de segurança estão vasculhando uma floresta próxima à procura dos alunos e professores raptados.

Atiku Aboki, um morador que foi à escola pouco depois de os disparos terminarem, informou que viu uma cena de pânico e confusão enquanto pessoas procuravam os filhos.

Bandidos em busca de resgate já sequestraram mais de 800 alunos nigerianos em escolas desde dezembro. Alguns foram libertados e outros continuam desaparecidos.

* Ardo Hazzad, Garba Muhammed, Camillus Eboh e Angela Ukomadu – Repórteres da Reuters

Com Agência Brasil

Continue lendo

Copyright © 2021 DiBahia CNPJ: 41.275.067/0001-16