Conecte-se conosco

F5

Tinta mais branca do mundo vai resfriar casas

Publicado

em

No ano passado, pesquisadores da Universidade Purdue, nos EUA, apresentaram uma tinta branca capaz de resfriar prédios mesmo sob sol direto graças ao fenômeno da refrigeração radiativa.

Agora eles se superaram e transformaram seu revestimento na tinta mais branca já fabricada até hoje.

A nova formulação mais branca reflete até 98,1% da luz solar – em comparação com 95,5% da luz solar refletida pela tinta ultrabranca anterior – e envia o calor infravermelho para longe de uma superfície ao mesmo tempo.

Esse resultado é comparável à tinta mais preta já fabricada, que absorve 99,96% da luz – já existe um produto comercial que garante absorver 99,9% da luz.

[Imagem: Joseph Peoples/Purdue University]

Foto de Destaque – Uma câmera infravermelha mostra como uma amostra da tinta mais branca já produzida (o quadrado roxo escuro central à direita) realmente resfria a placa abaixo da temperatura ambiente, algo que as tintas comerciais não fazem (esquerda) – câmeras infravermelhas mostram o que é mais quente como sendo mais claro.

“Se você usar essa tinta para cobrir uma área de telhado de cerca de 1.000 pés quadrados [92,9 m2], estimamos que você poderia obter uma potência de resfriamento de 10 quilowatts. Isso é mais potência do que os condicionadores de ar centrais usados pela maioria das casas,” disse o professor Xiulin Ruan.

Embora esquentem menos do que as tintas mais escuras, as tintas brancas comerciais atuais também esquentam ao Sol. Assim, mesmo refletindo de 80% a 90% da luz solar, elas não conseguem tornar as superfícies mais frias do que o ambiente.

O que torna a tinta mais branca tão branca

Duas características conferem à tinta sua brancura extrema. Uma é a concentração muito alta de um composto químico chamado sulfato de bário, que também é usado para tornar brancos os papéis fotográficos e cosméticos.

O professor Xiulin Ruan mostra a superfície testada na foto do início da reportagem, com um quadrado pintado com a tinta capaz de resfriar as superfícies. Imagem: Jared Pike/Purdue University]

“Analisamos vários produtos comerciais, basicamente qualquer coisa branca,” contou o pesquisador Xiangyu Li. “Descobrimos que, usando o sulfato de bário, você pode, teoricamente, tornar as coisas muito, muito reflexivas, o que significa que elas são muito, muito brancas.”

A segunda característica é que as partículas do sulfato de bário têm tamanhos muito irregulares. Como o quanto cada partícula espalha ou reflete a luz depende do seu tamanho, uma gama mais ampla de tamanhos permite que a tinta reflita uma parte maior do espectro da luz do Sol.

A equipe conseguiu níveis de brancura até maiores do que o seu produto final, mas isso compromete a sua transformação em uma tinta resistente e que possa ser aplicada sobre qualquer superfície. O nível ideal de sulfato de bário foi alcançado com uma concentração de 60%.

“Embora uma concentração de partículas mais alta seja melhor para fazer algo branco, você não pode aumentar muito a concentração. Quanto maior a concentração, mais fácil será para a tinta quebrar ou descascar,” disse Li.

Tinta branca que resfria

Ser a tinta mais branca do mundo também significa que ela consegue ultrapassar a eficiência necessária para efetivamente conseguir resfriar as superfícies em relação à temperatura ambiente – e, claro, ela é a tinta que mais esfria já produzida.

Durante os testes de campo, a tinta permaneceu mais de 4,5 °C abaixo da temperatura ambiente, atingindo um poder de resfriamento passivo médio de 117 W/m2.

Bibliografia:

Artigo: Ultra-white BaSO4 Paints and Films for Remarkable Daytime Subambient Radiative Cooling
Autores: Xiangyu Li, Joseph Peoples, Peiyan Yao, Xiulin Ruan
Revista: ACS Applied Materials & Interfaces
DOI: 10.1021/acsami.1c02368

Seriedade e Confiança Tudo isso em um só lugar Informação feita para VOCÊ

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

F5

Tiago Leifert substitui Faustão nas tardes de domingo da Globo até estreia de projeto com Luciano Huck

Publicado

em

Por

Voiced by Amazon Polly

Segundo comunicado, emissora tomou a decisão de antecipar a saída de Fausto Silva do programa, e juntos decidiram formalizar o distrato.

O apresentador Tiago Leifert vai substituir Fausto Silva e assumir as tardes de domingo da TV Globo até a estreia do novo projeto em desenvolvimento com Luciano Huck.

Segundo comunicado enviado pela emissora na tarde desta quinta-feira (17), “por razões estratégicas e internas, a Globo tomou a decisão de antecipar a saída de Fausto Silva do programa, e juntos decidiram formalizar o distrato”.

Fausto Silva confirmou em janeiro que deixaria o “Domingão do Faustão” e a TV Globo no fim de 2021. Em nota na época, a emissora afirmou que Fausto decidiu “encerrar sua jornada à frente de programas semanais” neste último ano de seu contrato. Foram 32 anos comandando o programa.

Tiago já havia ocupado o lugar de Faustão no último domingo (13), após o apresentador ficar afastado da atração por causa de uma infecção urinária.

Nesta terça-feira (15), Luciano Huck confirmou em entrevista ao programa “Conversa com Bial” que será o responsável por assumir o horário deixado por Fausto Silva.

“Tenho enorme respeito pelo Faustão. Ele sempre foi muito generoso. Será um privilégio enorme ocupar o horário dele”, afirmou Huck.

Ele ainda estuda a fórmula para o novo programa e o fato de trocar o sábado pelo domingo. O nome da nova atração também não está definido.

“É página em branco. Vamos trabalhar. Mas vamos respeitar o hábito do telespectador”, disse Luciano.

Tiago Leifert apresentou o ‘Domingão do Faustão’ no dia 13 de junho — Foto: Reprodução/TV Globo

Neste domingo (20), vai ao ar no “Domingão do Faustão” a última rodada do mata-mata do “Super Dança dos Famosos”. O quadro revelará quem se juntará ao grupo de semifinalistas, que já conta com Maria Joana, Marcello Melo Jr, Paolla Oliveira, Lucy Ramos e Dandara Mariana.

Dançando os ritmos forró e rock, três casais se apresentam para garantir vaga na semifinal.

  • Christiane Torloni, vencedora da edição de 2008 do quadro, com o professor Álvaro Reys
  • Odilon Wagner, que ficou em terceiro lugar em 2011, com a bailarina Yasmin Marinho
  • Tiago Abravanel, terceiro colocado de 2013 — devido a uma lesão de Nathalia Zannin, Tiago dança com Brennda Martins, que já esteve como professora no ‘Dança dos famosos’ em 2018 e 2020.

Já na próxima semana começa a fase de repescagem, em que os outros nomes da competição ainda não classificados para a semifinal tentam voltar ao jogo.

São eles: Mariana Santos, Claudia Ohana, Rodrigo Simas, Juliana Didone, Arthur Aguiar, Viviane Araújo, Carmo Dalla Vecchia, Nelson Freitas, Sophia Abrahão e Robson Caetano.

Continue lendo

Copyright © 2021 DiBahia CNPJ: 41.275.067/0001-16