Conecte-se conosco

Bahia

Homem é preso após rasgar e descumprir medida protetiva na Bahia; suspeito agrediu mãe

Publicado

em

Homem é preso após rasgar e descumprir medida protetiva na Bahia — Foto: Polícia Civil

Em 2019 e 2020, foram deferidas duas medidas contra ele, que havia agredido a mãe. Investigadores constataram que ele voltou a ir à residência da vítima, o que configurou a infração às determinações.

Um homem foi preso após rasgar e descumprir uma medida protetiva na cidade de Malhada, no sudoeste da Bahia. Conforme a Polícia Civil, em 2019 e 2020, foram deferidas duas medidas contra ele, que havia agredido a mãe.

Os investigadores constataram que ele voltou a ir à residência da vítima, o que configurou a infração às determinações.

Segundo informações da polícia, o caso aconteceu na terça-feira (13). De acordo com o delegado Zanderlan Fernandes, da DT de Malhada, a prisão preventiva era a providência mais adequada ao caso, por causa do risco às condições física e psíquica da mãe do suspeito.

“Na segunda medida protetiva, em um completo desrespeito às instituições públicas, o indivíduo chegou a rasgar a cópia do mandado na frente do oficial de justiça. E, como se não bastasse, voltou a frequentar a casa da mãe, colocando em risco a medida protetiva e a integridade física e a honra da vítima – razão pela qual foi representada a prisão preventiva e foi dado o cumprimento”, disse o delegado.

A prisão foi feita por policiais da Delegacia Territorial (DT) de Malhada e da 22ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Guanambi). O suspeito está na carceragem da DT de Carinhanha, à disposição da Justiça.

A polícia informou que se futuramente for condenado pelo Poder Judiciário, o homem pode cumprir detenção de três meses a dois anos.

Fonte: G1

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Bahia

Ministério Público recomenda que a prefeita de Guaratinga, Marlene Dantas demita seus parentes em 15 dias

Publicado

em

Por

Voiced by Amazon Polly

Marlene Dantas (DEM), prefeita de Guaratinga, no extremo-sul da Bahia, tem 15 dias para exonerar quatro parentes de cargos na administração municipal. A lista é composta pelo genro da prefeita (diretor do departamento de compras), cunhado (coordenador de transporte escolar) e duas sobrinhas, nomeadas para chefe de divisão e diretora do departamento de RH.

O promotor responsável pelo caso destacou que a recomendação se aplica a “todos os demais ocupantes de cargos comissionados, função gratificada ou de confiança, que detenham relação de parentesco consanguíneo, em linha reta ou colateral, ou por afinidade até o terceiro grau de parentesco, com a prefeita, vice-prefeito, secretários municipais, procuradores do município e chefe de gabinete”, “tudo sob pena de adoção das respectivas ações de improbidade administrativa e outras responsabilidade legais cabíveis”.

Por: Olhopublico.com

Continue lendo

Copyright © 2021 DiBahia CNPJ: 41.275.067/0001-16