Conecte-se conosco

Bahia

Polícia apreende 150 quilos de drogas e armas enterrados em fazenda

Publicado

em

Em desdobramento à Operação Nero, que visa desarticular uma quadrilha responsável por abastecer a região com drogas, as polícias Civil e Militar prenderam, no fim da madrugada desta segunda-feira (22), dois irmãos suspeitos de integrar o grupo criminoso. Mais de 150 quilos de drogas, avaliados em R$ 2 milhões, e armamento foram apreendidos durante a ação.

Vinicius Gonçalves dos Santos, de 29 anos, o Buga, e Matheus dos Santos Gonçalves, de 25, foram encontrados em uma fazenda em Teixeira do Progresso, município de Mascote.

“Dentro da facção, o Buga era responsável por guardar a droga. E o irmão dele era como uma espécie de soldado, um segurança, que dava proteção ao local e impedia que alguém entrasse na propriedade para tomar a droga”, explicou o delegado Moisés Damasceno, coordenador da 23ª Coorpin

A droga – que estava dividida em 106 quilos de maconha, 37 quilos de cocaína e 11 quilos de crack – estava enterrada próximo a um galinheiro. Dois cães farejadores do 8° BPM e Cippe-Mata Atlântica ajudaram a localizar o entorpecente.

“Além do prejuízo ao tráfico, essa droga pode estar correlata a outros crimes registrados na região, como roubo e mortes decorrentes das brigas entre facções. Então se a gente tira essa droga de circulação, a facção não tem como dominar área nenhuma. Foi um baque financeiro muito grande na quadrilha, com perda de pessoas com funções importantes na organização criminosa. Então, também desestruturamos a facção”, acrescentou o delegado.

Foram apreendidos ainda um revólver calibre 44 e quatro pistolas e uma submetralhadora nove milímetros.

Os irmãos tinham mandado de prisão em aberto por um homicídio ocorrido em Eunápolis. Não há informação sobre quando o crime ocorreu.

A quadrilha, de acordo com as investigações, é a mesma responsável pelos ataques a ônibus e carro de lixo em Eunápolis. A primeira fase da operação cumpriu 12 mandados de prisão e busca e apreensão

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Bahia

Ministério Público recomenda que a prefeita de Guaratinga, Marlene Dantas demita seus parentes em 15 dias

Publicado

em

Por

Voiced by Amazon Polly

Marlene Dantas (DEM), prefeita de Guaratinga, no extremo-sul da Bahia, tem 15 dias para exonerar quatro parentes de cargos na administração municipal. A lista é composta pelo genro da prefeita (diretor do departamento de compras), cunhado (coordenador de transporte escolar) e duas sobrinhas, nomeadas para chefe de divisão e diretora do departamento de RH.

O promotor responsável pelo caso destacou que a recomendação se aplica a “todos os demais ocupantes de cargos comissionados, função gratificada ou de confiança, que detenham relação de parentesco consanguíneo, em linha reta ou colateral, ou por afinidade até o terceiro grau de parentesco, com a prefeita, vice-prefeito, secretários municipais, procuradores do município e chefe de gabinete”, “tudo sob pena de adoção das respectivas ações de improbidade administrativa e outras responsabilidade legais cabíveis”.

Por: Olhopublico.com

Continue lendo

Copyright © 2021 DiBahia CNPJ: 41.275.067/0001-16