Conecte-se conosco

Sociedade

Ernesto Araújo reforça parceria entre Brasil e EUA após 1ª conversa com secretário de Estado de Biden

Publicado

em

O ministro das Relações Exteriores falou por telefone com Anthony Blinken nesta quinta-feira; segundo o Itamaraty, o contato reafirma o compromisso do fortalecimento das relações entre os dois países

O ministro ressaltou que os Estados Unidos continuam sendo parceiro chave na transformação do Brasil

O ministro das relações exteriores, Ernesto Araújo, falou por telefone, pela primeira vez, com o novo secretário de estado dos Estados Unidos, Anthony Blinken. Segundo Araújo, durante a conversa, que aconteceu nesta quinta-feira, 11, ficou claro que há excelente disposição e amplas oportunidades dos dois países continuarem construindo uma profunda parceria. De acordo com o chanceler, existe uma convergência de visões sobre a centralidade da democracia e grande empenho em trabalhar em conjunto nas questões ligadas ao comércio, clima e promoção dos direitos humanos. O ministro ressaltou que os Estados Unidos continuam sendo parceiro chave na transformação do Brasil, em torno da liberdade econômica e política. Segundo o Itamaraty, o contato reafirma o compromisso do fortalecimento das relações entre os dois países.

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta feira que acredita na manutenção dos acordos firmados entre os dois governos durante a gestão de Donald Trump. “O povo americano é, realmente, voltado para o interesse de sua nação. Muda governo, pouca coisa muda. Acredito que todos os acordos que assinamos com o governo Trump serão mantidos com o governo Biden, afinal de contas todos nós ganhamos, não é apenas o americano, é o Brasil também”, afirmou. O mandatário falou sobre a relação com a Casa Branca após ser questionado sobre o acordo de salvaguardas tecnológicas entre os governos para a exploração da base especial localizada em Alcântara, no Maranhão, assinado durante visita a Washington em 2019. Segundo o presidente, a parceria está mantida.

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sociedade

Abará – Do tabuleiro da Baiana para o mundo

Publicado

em

Por

É um dos pratos da culinária baiana e como o acarajé também faz parte da comida ritual do candomblé.

O abará tem a mesma massa que o acarajé: a única diferença é que o abará é cozido, enquanto o acarajé é frito.

O preparo da massa é feito com feijão fradinho, que deve ser quebrado em um moinho em pedaços grandes e colocado de molho na água para soltar a casca. Após retirada toda a casca, passa-se novamente no moinho, desta vez deverá ficar uma massa bem fina. A essa massa acrescentam-se cebola ralada, um pouco de sal, duas colheres de dendê.

Quando for comida de ritual, coloca-se um pouco de pó de camarão, e, quando fizer parte da culinária baiana, colocam-se camarões secos previamente escaldados para tirar o sal, que podem ser moídos junto com o feijão, além de alguns inteiros.

Essa massa deve ser envolvida em pequenos pedaços de folha de bananeira, semelhante ao processo usado para fazer o acaçá, e deve ser cozido no vapor em banho-maria. É servido na própria folha.

Abalá

Ingredientes

  • 1 kilo de feijão fradinho demolhado por 1 noite
  • 100 gramas de camarão seco moído
  • 100 gramas de cebola ralada
  • 100 gramas de amendoim e castanha de caju torrados e moídos (fundo misto)]
  • 250 mililitros de azeite de dendê
  • ½ colher de chá de gengibre ralado
  • folhas de bananeira
WhatsApp Image 2021-06-14 at 11.01.07 (1)

Modo de preparo

Para fazer esta receita de abará passo a passo comece por lavar bem o feijão: coloque-o em uma vasilha grande com água, remexa e tire com uma peneira as cascas que se soltarem. Escorra o feijão e repita até a água sair limpa.

De seguida bata o feijão no moinho, para transformar em purê, e depois bata com uma colher de pau, para ficar leve e volumosa.

Dica: Também pode bater no liquidificador, adicionando um pouco de água. Acrescente o camarão moído, a cebola, o fundo misto e o gengibre. Misture, adicione azeite de dendê e envolva tudo para obter uma massa homogênea e amarela.

WhatsApp Image 2021-06-14 at 11.01.08

O passo seguinte do abará é passar as folhas de banana no fogo, para que fiquem mais flexíveis. Depois enrole porções da massa anterior nas folhas, como se fosse uma pamonha, e
coloque a cozinhe no vapor ou em banho-maria, por 40 minutos.

Dica: Se cozinhar o abará no vapor, cubra com aparas da folha da bananeira, que ajuda a reter o vapor e a deixar o abará mais úmido.

Após o passo anterior, seu abará está pronto! Sirva quente ou frio, puro ou acompanhado de molho de pimenta , camarão seco, caruru, vatapá, caruru e salada de tomate verde simples.

Bom apetite!

Fonte http://m.nossas-raizes.com/a-comida-dos-orixas/

Continue lendo

Copyright © 2021 DiBahia CNPJ: 41.275.067/0001-16